Recensão crítica a Canoagem, de Joaquim Manuel Magalhães